O desafio da informatização da Igreja

Conheça um pouco mais da Theòs Sistemas Eclesiais assistindo o mais recente vídeo comercial da empresa.

Na hora informatizar sua paróquia ou sua (arqui)diocese, escolha o melhor.

 

Compartilhar

Papa Francisco nomeia bispo para Sorocaba (SP) e para Crato (CE)

O papa Francisco procedeu em duas alterações no episcopado brasileiro, nesta quarta-feira, dia 28 de dezembro. De acordo com comunicado da Nunciatura Apostólica no Brasil, o pontífice acolheu o pedido de renúncia apresentado por dom Eduardo Benes de Sales Rodrigues, por motivo de idade, e nomeou arcebispo de Sorocaba (SP), dom Júlio Endi Akamine, atualmente bispo auxiliar da arquidiocese de São Paulo (SP).

Na mesma data, o papa aceitou o pedido de renúncia do governo pastoral da diocese de Crato (CE) apresentado por dom Fernando Panico, conforme o cânon 401 §1 do Código de Direito Canônico. Em consequência, assumirá o pastoreio da Igreja particular o bispo coadjutor, dom Gilberto Pastana de Oliveira.

Novo arcebispo de Sorocaba

Dom Julio Endi Akamine, filho do casal Guengio Akamine (falecido) e Teruco Oshiro Akamine, nasceu em 30 de novembro de 1962 em Garça (SP).

Em 1975 entrou no Seminário da Sociedade do Apostolado Católico (Palotinos), em Londrina (PR), onde completou os estudos no Seminário Menor São Vicente Pallotti. Fez o noviciado em 1979 no Seminário Rainha da Paz, Cornélio Procópio (PR). Sua primeira consagração foi a 8 de dezembro de 1980, na mesma cidade.

Cursou Licenciatura em Filosofia na Pontifícia Universidade Católica (PUC), de 1981 a 1983, e Teologia no “Studium Teologicum Claretianum”, de 1984 a 1987, na arquidiocese de Curitiba (PR). Foi ordenado sacerdote em 24 de janeiro de 1988, na cidade de Cambé (PR).

Obteve o Mestrado em Teologia na Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma (1993 a 1995) e Doutorado na mesma Universidade (2001 a 2005).

Como sacerdote palotino desempenhou a função de vigário paroquial, pároco e reitor do Seminário Mario Palotino, em Curitiba. Também foi assessor da Organização dos Seminários e e Institutos Filosófico-Teológicos do Brasil (Osib) no regional Sul 2 da CNBB. Entre outras funções, atuou como diretor do período introdutório da Província Regina Apostolorum, na Itália (2003-2004).

No período de 1996 a 2001 e de 2005 a 2011, foi professor de teologia no Studium Theologicum, em Curitiba, onde lecionou as matérias de Teologia Sacramentária Geral, Sacramentos da Iniciação Cristã, Eclesiologia, Trindade, Introdução à Teologia e Teologia Fundamental.

Foi reitor Provincial da Província Palotina São Paulo Apóstolo, com sede na capital paulista, de 2008 a 2011, quando foi nomeado bispo auxiliar da Arquidiocese de São Paulo, em 4 de maio daquele ano. Sua ordenação episcopal foi em 9 de julho.

Dom Júlio é referencial da Pastoral da Educação.

Bispo de Crato

Natural de Boim (PA), dom Gilberto Pastana nasceu em 29 de julho de 1956. Tendo sido ordenado presbítero em 27 de julho de 1985, em Santarém (PA), foi nomeado bispo de Imperatriz (MA) em 03 de agosto de 2005 e escolheu o lema episcopal “Venha o teu reino”. É mestre em Teologia, com especialização em Teologia Espiritual, no Teresianum, em Roma, Itália.

Na trajetória antes do episcopado, dom Gilberto atuou como vigário paroquial, reitor de seminário, coordenador diocesano de pastoral. Foi coordenador do departamento de Filosofia e Teologia no Instituto de Pastoral Regional (Ipar), em Belém (PA), e diretor da Rede Vida de Televisão, de 2000 a 2005.

Papa Francisco nomeia novos bispos auxiliares para Belo Horizonte (MG)

A Nunciatura Apostólica no Brasil comunicou, na manhã desta quarta-feira, dia 21 de dezembro, a decisão do papa Francisco em nomear dois novos bispos auxiliares para a arquidiocese de Belo Horizonte (MG). Padre Geovane Luís da Silva, atual pároco da paróquia Nossa Senhora da Piedade, em Barbacena (MG), foi nomeado bispo titular de Monte de Numidia e auxiliar de Belo Horizonte, assim como padre Otacílio Ferreira de Lacerda, que atualmente é pároco da paróquia Santo Antônio, em Gopoúva, na diocese de Guarulhos (SP), e que será titular de Tulana.

Padre-Geovane1

Padre Geovane Luís da Silva

Atualmente pároco da paróquia Nossa Senhora da Piedade, em Barbacena, padre Geovane é natural da mesma cidade, nasceu em 21 de junho de 1971. Cursou filosofia e teologia no Seminário São José, em Mariana (MG), e foi ordenado presbítero no dia 21 de junho de 1997, em Carandaí (MG) cidade onde cresceu e viveu. Padre Geovane também é professor no Seminário, vigário episcopal, membro do Colégio de Consultores e promotor de justiça no processo de Beatificação do Servo de Deus Dom Luciano Mendes de Almeida. É mestre pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma, onde estudou Teologia Dogmática. Em sua tese de mestrado – “Sacrosanctum Concilium 59: elementos de teologia sacramental” – fez uma análise do Artigo 59 da Constituição Sobre a Sagrada Liturgia do Concílio Vaticano II. Possui Pós-graduação em Cultura e Arte Barroca pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP).

 Padre-Otaclio

Padre Otacílio Ferreira de Lacerda

Atual pároco da paróquia Santo Antônio, em Gopoúva, na diocese de Guarulhos (SP), padre Otacílio, é natural de Itapiruçu – Palma (MG), nasceu em 17 de novembro de 1960. Foi ordenado sacerdote em 10 de abril de 1988, em São Paulo. Em 1996, formou-se também em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Padre Otacílio foi pároco; presidente do projeto missionário Norte 1 e Sul 1; assessor da Pastoral Operária; assessor da Pastoral da Juventude e Setor da Juventude; diretor espiritual dos seminaristas entre 2008 e 2015; superintendente da Cáritas Diocesana e representante dos presbíteros de 2003 a 2010. Atualmente, é membro do Conselho Presbiteral, vice-ecônomo da diocese e coordenador diocesano de pastoral.

Papa Francisco nomeia bispo para Assis (SP)

Padre-ARGEMIRO

Padre Argemiro Azevedo é claretiano e atualmente pároco em Araçatuba (SP)

A Nunciatura Apostólica no Brasil informou nesta quarta-feira, 14 de dezembro, que o papa nomeou como bispo para a vacante diocese de Assis (SP), o padre Argemiro Azevedo, CMF, atualmente pároco da paróquia Imaculado Coração de Maria, em Araçatuba (SP).

O bispo eleito nasceu em 03 de dezembro de 1952, em Fernandópolis (SP), e foi ordenado sacerdote em 1980, por São João Paulo II, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, em 1980. Fez diversas especializações na área da Educação e Gestão Universitária.

Dentre as atividades em seu ministério pastoral, foi pároco na paróquia Coração de Maria, em Batatai (SP), e na área da formação do clero foi formador dos estudantes Claretianos de Filosofia. Padre Argemiro tem extensa experiência de administrador: Administrador e Diretor do Colégio São José de Batatais e do Colégio Claretiano e das Faculdades Claretianas em Batatais e São Paulo (SP).

Ele ainda foi membro da Junta Permanente e do Conselho de Economia da Província Claretiana do Brasil; membro do Conselho de Presbíteros da arquidiocese de Ribeirão Preto (SP); membro do Colégio de Consultores e do Conselho de Presbíteros da Diocese de Araçatuba.

Nomeados bispos para Grajaú e Rio de Janeiro

A Nunciatura Apostólica no Brasil comunicou nesta quarta-feira, dia 07 de dezembro, que o papa Francisco acolheu o pedido de renúncia apresentado por dom Franco Cuter, por motivo de idade, conforme o cânon 401 §1 do Código de Direito Canônico, e nomeou para a diocese de Grajaú (MA) frei Rubival Cabral Britto. Também foram nomeados como auxiliares da arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro (RJ) o monsenhor Joel Portella Amado e o padre Paulo Alves Romão.

Frei Rubival

Atualmente diretor do Colégio Paulo VI, na arquidiocese de Vitória da Conquista (BA) frei Rubival Cabral Britto, é natural de Jaguaquara (BA), nasceu em 21 de julho de 1969. Ingressou na Ordem dos Frades Menores Capuchinhos na província Bahia e Sergipe em janeiro de 1990. Sua profissão religiosa foi em 31 de janeiro de 1993. A ordenação presbiteral em 17 de dezembro de 2000.

Frei Rubival é doutorando em Ciências da Educação através do Instituto Internacional de Educação na Faculdade de Humanidades e Artes da Universidade Federal de Rosário, na Argentina. Em sua trajetória, atuou, entre outros ministérios, como coordenador da Animação Vocacional da Província Nossa Senhora da Piedade de Bahia e Sergipe;  conselheiro provincial; presidente da Fundação Santo Antônio das Emissoras de Rádio e conselheiro da Conferência da Família Franciscana do Brasil.

Auxiliares

A nomeação de auxiliares para a arquidiocese do Rio de Janeiro deu-se após solicitação do arcebispo local, cardeal Orani João Tempesta. Monsenhor Joel Portella Amado é o atual pároco da catedral de São Sebastião, na cidade do Rio de Janeiro. Ele foi nomeado titular de “Carmeiano”. Padre Paulo Alves Romão atua como pároco da paróquia Bom Pastor, na mesma arquidiocese. Foi nomeado bispo titular de “Calama”.

Monsenhor Joel Portella pertence ao clero da arquidiocese do Rio de Janeiro. É carioca, nascido em 2 de outubro de 1954. Sua ordenação sacerdotal foi em 12 de outubro de 1982. No âmbito da arquidiocese, já exerceu as funções de vigário forâneo, membro do Conselho Presbiteral e do Colégio de Consultores. Também foi membro do Instituto Nacional de Pastoral e membro da equipe de reflexão teológico-pastoral do Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam). Foi nomeado capelão do papa Bento XVI. O novo auxiliar tem graduação em Direito pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro, além de graduação e mestrado em Teologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio).
Padre Paulo Alves Romão nasceu em 6 de abril de 1964, em Barra do Jacaré (PR). Foi ordenado sacerdote em 28 de junho de 1997, no Rio de Janeiro. Na arquidiocese, já atuou como diretor espiritual do Seminário Arquidiocesano; professor do Instituto Superior de Teologia e da PUC-Rio; responsável pela Pastoral da Educação e diretor espiritual do Seminário Propedêutico Rainha dos Apóstolos. É mestre e doutor em Teologia sistemática pastoral.

Papa Francisco nomeia bispo para Ituiutaba (MG)

domirineu

Dom Irineu Andreassa

A nunciatura apostólica no Brasil comunicou, na manhã desta quarta-feira, dia 30 de novembro, a decisão do papa Francisco em nomear para a vacante diocese de Ituiutaba (MG) dom Irineu Andreassa, transferindo-o da Igreja particular de Lages (SC).

A diocese estava vacante desde 30 de setembro de 2015.

Dom Irineu Andreassa já atuou como promotor vocacional e membro do Conselho de Presbíteros na diocese de Barretos (SP), foi do Conselho de Presbíteros e do Colégio dos Consultores, em Ribeirão Preto (SP) e custódio da Custódia Franciscana do Sagrado Coração de Jesus, promotor vocacional e pároco em Garça (SP). Também atuou a serviço da diocese de Marília (SP).

Horário de atendimento extendido

relogio

Com a finalidade de melhorar o atendimento aos clientes das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, a Theòs Sistemas está ampliando temporariamente o horário da nossa equipe de suporte.

A partir do dia 21/11 estaremos aguardando seu chamado até as 19:00 hs. Assim nosso atendimento ocorrerá nos seguintes intervalos, sempre pelo horário oficial de Brasília:

  • de segunda-feira à sexta-feira: das 8:00hs às 19:00hs
  • aos sábados: das 8:00hs às 12:00hs

Este regime especial de atendimento será aplicado até o fim do Horário Brasileiro de Verão de 2016/2017.

 

Papa nomeia bispos para Aparecida e Cristalândia

Foram nomeados dom Orlando Brandes como novo arcebispo de Aparecida (SP) e monsenhor Welington de Queiroz Vieira como bispo prelado de Cristalândia (TO)

O papa Francisco, nesta quarta-feira, 16 de novembro, acolheu o pedido de renúncia apresentado pelo cardeal Raymundo Damasceno de Assis e nomeou como arcebispo de Aparecida (SP) dom Orlando Brandes, transferindo-o da arquidiocese de Londrina (PR). Na mesma ocasião nomeou o monsenhor Welington de Queiroz Vieira, atualmente pároco em Araguaína (TO), como novo bispo da prelazia de Cristalândia.

Cardeal Raymundo renuncia por motivo de idade, conforme o Direito Canônico: “Roga-se ao Bispo diocesano, que tiver completado setenta e cinco anos de idade, que apresente a renúncia do ofício ao Sumo Pontífice, o qual providenciará depois de examinadas todas as circunstâncias” (DC 401, § 1). No próximo dia 15 de fevereiro de 2017, dom Damasceno completa 80 anos.

Dom Orlando

Dom Orlando

Dom Orlando Brandes tem 70 anos e nasceu em Urubici (SC). Ordenado padre em 1974, estudou Teologia na Pontifícia Universidade Gregoriana, em Roma, onde também se especializou em Teologia Moral, na Academia Alfonsiana. Nomeado por São João Paulo II bispo de Joinville (SC), em 1994, foi transferido pelo papa Bento XVI para Londrina, em 2006, e tornou-se seu quarto arcebispo.

Monsenhor Welington

Monsenhor Welington

Monsenhor Welington, nomeado bispo de Cristalândia, nasceu em 11 de julho de 1968, em Tocantinópolis (TO). Fez seus estudos de Filosofia, em Brasília (DF), de Teologia no Rio de Janeiro (RJ) e dois mestrados em Roma, Itália: um em Filosofia na Pontifícia Universidade Gregoriana e em Direito Canônico na Pontifícia Universidade Lateranense.

Na diocese de Tocantinópolis, já serviu como pároco em Xambioá (TO) e Araguaína, como membro do Colégio dos Consultores e do Conselho Presbiteral, além de vigário judicial e ecônomo da diocese. Atualmente é pároco da paróquia São Paulo Apóstolo, em Araguaína.

Morre bispo emérito de Dourados (MS)

Morreu aos 77 anos, no domingo, 6, o bispo emérito de Dourados (MS) dom Redovino Rizzardo. Ele fazia tratamento contra o câncer de próstata e estava internado no Hospital do Coração. Dom Redovino foi ordenado bispo de Dourados em 2001 e no ano passado renunciou ao cargo, de acordo com as normas do Direito Canônico, por questão de idade. Desde então, dedicou-se ao tratamento de saúde. O velório começou na noite de domingo, 6, na catedral Imaculada Conceição, e corpo deve ser enterrado no final da tarde desta segunda-feira, 7, logo após missa de encomendação, presidida pelo arcebispo de Campo Grande (MS), dom Dimas Lara Barbosa.

Dom-Rizzardo

História 

Natural de Bento Gonçalves (RS), dom Redovino nasceu em 12 de abril de 1939. Muito jovem, iniciou sua vida religiosa na Congregação dos Missionários de São Carlos – Scalabrinianos, sendo ordenado sacerdote aos 28 anos. Durante sua vida sacerdotal, antes do episcopado, foi vigário paroquial; diretor do Centro de Estudos Migratórios da Congregação e assessor do Setor de Migrações do Regional Sul 3 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB); diretor do Centro Scalabriniano de Formação e Espiritualidade, em Guaporé (RS). Em 2001, foi nomeado pelo papa João Paulo II para ser bispo coadjutor de dom Alberto Först, tornando-se o quinto bispo diocesano de Dourados. Muito ligado aos meios de comunicação, dom Redovino escreveu alguns livros, entre eles São Carlos Borromeu (Paulinas); João Bastista Scalabrini (Paulinas) e A Imigração Italiana na América Latina (Est).

Atividades como Bispo 

Bispo coadjutor de Dourados (MS) (2001); secretário regional da CNBB Oeste 1 (2003 a 2006 e 2007 a 2010); bispo referencial para as Pastorais do Migrante, para Liturgia e o Ecumenismo; vice-presidente do regional Oeste 1 (2001 a 2015).

Com informações da Arquidiocese de Campo Grande (MS).

SGCP é o novo sistema da Diocese de Guarulhos (SP)

Foram pelo menos quatros anos de diálogo e negociações, mas deu certo! Agora oficialmente o SGCP é o sistema padrão da Diocese de Guarulhos (SP) e começa a ser implantado nas paróquia já no mês de novembro. O planejamento realizado entre a Equipe Theòs e a diocese é que a contabilidade de 2016 e o ECD e ECF sejam entregues ano que vem a partir dos softwares desenvolvidos pela Theòs Sistemas Eclesiais.

Equipe Theòs com membros da cúria diocesana

Equipe Theòs com membros da cúria diocesana

O trabalho de transição de sistemas foi desafiador e iniciou antes mesmo da assinatura do contrato. Tudo por que antes da chegada do SGCP, a Diocese de Guarulhos utilizava três sistemas diferentes para administrar seus dados; um para a folha de pagamento, outro para a contabilidade e um terceiro para a parte eclesial. Agora todas essas informações estão centralizadas nos softwares SGCP (Folha, Contábil, Paróquia e Cúria) e serão acessados via web de forma integrada.

Diocese e a Theòs Sistemas formalizaram o contrato na sede da empresa em Maringá

Formalização do contrato foi na sede da empresa em Maringá

Em outubro começou a parte mais visível do processo e a Equipe Theòs esteve na cúria diocesana ministrando os primeiros treinamentos. De 22 a 24/10 os colaboradores da mitra e das paróquias tiveram os primeiros contatos com o SGCP, já com os dados migrados e com os parâmetros pré definidos. Em novembro serão realizados os últimos ajustes na base de dados, os funcionários das paróquias terão uma nova rodada de treinamento, desta vez numa laboratório de informática, e a expectativa é de que todas as paróquias estejam trabalhando com o sistema até o fim do mês.

Primeiro dia de treinamento com os membros da mitra

Primeiro dia de treinamento com os membros da mitra

A Equipe Theòs agradece a confiança que a diocese deposita em nossos softwares, serviços e em nossos data centers e está firme na crença de que todo o processo de negociação não é um final, mas sim um começo de uma parceria feliz e de sucesso.

Paróquias passaram dois dias tendo os primeiros contatos com o SGCP

Colaboradores paroquiais tiveram os primeiros contatos com o SGCP durante dois dias

Sobre a Diocese de Guarulhos

É composta apenas pelo município de Guarulhos (SP), localizado na região metropolitana da capital paulista, é morada de 1,3 milhão de pessoas, o que coloca a cidade no ranking de segunda maior população do estado de São Paulo. A diocese foi criada em 1981, desmembrada da Diocese de Mogi das Cruzes, é composta por 43 paróquias e a fundação da hoje Catedral Nossa Senhora da Conceição é datada de 1685. Dom Edmílson Amador Caetano é o quarto bispo a frente da Igreja Particular de Guarulhos desde 2014.

Catedral Diocesana Nossa Senhora da Conceição (1685)

Catedral Diocesana Nossa Senhora da Conceição (1685)

Arquidiocese de Sorocaba (SP) promove novo treinamento do SGCP 7

A Arquidiocese de Sorocaba deu mais um passo no processo de informatização e integração de dados entre as paróquias e a mitra. A Equipe Theòs passou três dias com os colaboradores da cúria e das paróquias em mais uma etapa de treinamento para o uso dos sistemas da linha SGCP.

Equipe da arquidiocese abre o treinamento do SGCP

Equipe da arquidiocese abre o treinamento do SGCP

As paróquias contaram com um laboratório de informática executar as tarefas do treinamento e para simular o uso do SGCP em atividades cotidianas da rotina paroquial. Também foi momento para tirar dúvidas e sugerir melhorias e/ ou adequações no software.

Equipe Theòs passou três dias com colaboradores da arquidiocese e das paróquias

Equipe Theòs passou três dias com colaboradores da arquidiocese e das paróquias

O SGCP é o sistema oficia da arquidiocese desde 2015, mas está presente e utilizado pelas paróquias desde 2003. A Igreja Particular de Sorocaba tem como Arcebispo Metropolitano Dom Eduardo Benes de Sales Rodrigues, conta com quase 60 paróquias distribuídas em 12 municípios e faz parte do Regional Sul 1 da CNBB. A Catedral Metropolitana tem como padroeira a mãe de Jesus sob o título de Nossa Senhora da Ponte e foi fundada em 1646.

Catedral Metropolitana Nossa Senhora da Ponte - Sorocaba (SP)

Catedral Metropolitana Nossa Senhora da Ponte – Sorocaba (SP)

Depoimento do Pe. Roberto