Papa Francisco nomeia bispo para Francisco Beltrão e auxiliar de Salvador

novosbispos_27042017

O papa Francisco nomeou hoje, 27 de abril, padre Edgar Xavier Ertl como bispo da vacante diocese de Palmas-Francisco Beltrão (PR). Até o momento, padre Edgar é superior da província “Nossa Senhora Conquistadora” dos Palotinos, na arquidiocese de Santa Maria (RS).

Na mesma data, acolhendo o pedido de dom Murilo Sebastião Krieger, o papa nomeou padre Hélio Pereira dos Santos como bispo titular de “Tiava” e auxiliar da arquidiocese de Salvador (BA). Atualmente, está como vigário geral da diocese de Palmares dos Índios e pároco da paróquia Senhor Bom Jesus dos Pobres em Quebrangulo (AL).

Bispo de Francisco Beltrão

Padre Edgar Xavier nasceu em 3 de setembro de 1966, natural de Nova Prata do Iguaçu (PR).

Ingressou no seminário São Vicente Pallotti, dos Padres e Irmãos Palotinos, em 1985. Cursou Filosofia e Teologia no Instituto de Filosofia e Teologia Santa Maria. Em 1991, fez o noviciado, no seminário Rainha dos Apóstolos, em Cascavel (PR). Foi ordenado diácono no dia 29 de junho de 1996 e presbítero, em dezembro, do mesmo ano. É mestre em Teologia Sistemática, pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma.

Na trajetória presbiteral, padre Edgar foi vigário da paróquia Nossa Senhora Aparecida, em Colorado D’oeste (RO); formador no Seminário Maior, em Santa Maria (RS); professor na Faculdade Palotina, das disciplinas de Antropologia Teológica e Moral Social. No período de 2005 a 2010, atuou como reitor do Colégio Máximo Palotino. Em 2014, tornou-se reitor provincial.

Auxiliar de Salvador 

Natural de Pão de Açúcar (AL), padre Hélio Pereira dos Santos nasceu no dia 18 de novembro de 1967. Recebeu a ordenação diaconal em 1995 e sacerdotal, no dia 19 de dezembro de 1996. Cursou Filosofia no Seminário Arquidiocesano de Maceió e Teologia, no Seminário São José (RJ) e na Pontifícia Universidade Católica (PUC-RJ). Possui licenciatura em Letras e pós-graduação em História e no Ensino de Língua Inglesa.

Entre as atividades profissionais e pastorais, padre Hélio foi tesoureiro do colégio São Vicente; reitor do seminário diocesano São João Maria Vianney e coordenador diocesano de pastoral. Também atuou como professor;  chanceler da Cúria Diocesana; membro do Conselho Presbiteral e do Colégio dos Consultores.

Fonte: CNBB

Compartilhar
Depoimento do Pe. Roberto