Posts com a palavra-chave ‘Arquidiocese de Curitiba’.

Papa Francisco nomeia três novos bispos auxiliares, dois para Curitiba (PR) e um para o Rio de Janeiro (RJ)

Padres Francisco Cota de Oliveira,  Amilton Manoel da Silva e Juarez Delorto Secco

Padres Francisco Cota de Oliveira, Amilton Manoel da Silva e Juarez Delorto Secco

A Nunciatura Apostólica no Brasil comunicou à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) que o papa Francisco, acolhendo a solicitação do arcebispo de Curitiba (PR), dom José Antônio Peruzzo, de poder contar com a colaboração de mais dois bispos auxiliares, nomeou nesta quarta-feira, 07 de junho, o padre Francisco Cota de Oliveira como bispo titular de “Fiorentino” e auxiliar da arquidiocese de Curitiba e o padre Amilton Manoel da Silva como bispo titular de “Tusuro” e também auxiliar de Curitiba.

Na mesma ocasião, o papa Francisco também acolheu a solicitação do arcebispo do Rio de Janeiro (RJ), cardeal Orani João Tempesta, e nomeou como bispo titular de “Vesegela di Numidia” e auxiliar da arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, o padre Juarez Delorto Secco.

Francisco Cota de Oliveira

Ele também foi coordenador diocesano de Pastoral da Juventude e Assistente Eclesiástico Diocesano do Movimento Cursilhos de Cristandade. É atualmente membro do Conselho do Economato Diocesano.Padre Francisco é natural de Pitangui (MG). Estudou Filosofia e Teologia na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-Minas), em Belo Horizonte (MG), entre 1992 e 1998. Foi ordenado sacerdote em agosto de 1999. Exerceu o ministério presbiteral na paróquia Nossa Senhora do Carmo, em Carmo do Cajuru (MG), entre 1999 e 2009, como vigário paroquial e pároco. Na paróquia de Itaúna (MG), foi administrador paroquial e pároco entre 2010 e 2016. Na paróquia Nossa Senhora do Pilar, em Pitangui (MG), exerceu o posto de administrador paroquial, onde se encontra até hoje.

Amilton Manoel da Silva
Nascido em 02 de março de 1963, em Osvaldo Cruz (SP). Padre Amilton Manoel da Silva ingressou na Congregação da Paixão de Jesus Cristo em 1991. Cursou Filosofia na Universidade Federal do Paraná (UFPR), em Curitiba (PR), de 1992 a 1995. Possui bacharelado e licenciatura em Filosofia, História e Psicologia. Fez a sua primeira profissão religiosa no dia 18 de janeiro de 1997, e foi ordenado presbítero em dezembro de 2000, por dom Luciano Mendes de Almeida.

Como presbítero, foi coordenador da equipe de espiritualidade da Família Passionista do Brasil, de 2002 a 2009, e secretário dos Superiores Maiores Passionistas da América Latina, de 2004 a 2007. Na província do Calvário, atuou como vigário paroquial das paróquias Nossa Senhora do Rosário e Santa Teresinha de Lisieux, em Colombo (PR), de 2001 a 2007. Foi ainda formador dos postulantes de 2001 2003, mestre dos noviços de 2004 a 2012 e conselheiro provincial de 2009 a 2001.

Desde 2012 é superior provincial e membro da secretaria de formação do Conselho Geral dos Passionistas. Neste ano, assumiu como pároco da paróquia São Paulo da Cruz, em São Paulo (SP).

Juarez Delorto Secco

Natural de Cachoeiro de Itapemirim (ES), padre Juarez Delorto Secco tem 46 anos. É bacharel em Direito, pela Faculdade de Direito de Cachoeiro do Itapemirim (FDCI). Possui especialização em Processo Matrimonial Canônico pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS) e também em Formação de Educadores, promovido em convênio com a Escola de Formadores da Organização dos Seminários e Institutos do Brasil (Osib – SC), com sede em Florianópolis (SC).Foi ordenado presbítero em março de 2001 e, desde então, pertence ao clero secular da diocese de Cachoeiro de Itapemirim, onde foi membro do Conselho Presbiteral; membro do Conselho Nacional do Prado; pároco da paróquia São Miguel Arcanjo, em Guaçuí (ES); pároco da paróquia São Sebastião, em Cachoeiro do Itapemirim, entre outras funções. Atualmente é pároco da catedral de São Pedro Apóstolo, na sede diocesana.

Fonte: CNBB

Compartilhar

Nomeado arcebispo para Curitiba e auxiliar de Porto Alegre

Novo Arcebispo de Curitiba, dom José Antônio Peruzzo, e o novo Bispo Auxiliar de Porta Alegre, padre Leomar Antônio BrustolinNa manhã desta quarta-feira, 07 de janeiro, a Nunciatura Apostólica no Brasil comunicou a decisão do papa Francisco em nomear dom José Antônio Peruzzo como arcebispo de Curitiba (PR), transferindo-o da diocese de Palmas-Francisco Beltrão, no mesmo Estado.

O papa também nomeou, nesta mesma data, padre Leomar Antônio Brustolin como bispo auxiliar da arquidiocese de Porto Alegre (RS). Atualmente, ele ocupa a função de pároco da catedral da diocese de Caxias do Sul (RS).

Trajetórias

Dom José Antônio Peruzzo é natural de Cascavel (PR). Foi nomeado bispo de Palmas-Francisco Beltrão pelo papa Bento XVI, em 24 de agosto de 2005. Tem como lema episcopal “Fazei discípulos… Ensinai”. Possui mestrado em Ciências Bíblicas pelo Pontifício Instituto Bíblico e doutorado pela Pontifícia Universidade de Santo Tomás de Aquino, em Roma. Atualmente, dom José Peruzzo exerce a função de bispo referencial da Pastoral da Pessoa Idosa da CNBB.

Padre Leomar é natural de Caxias do Sul, nascido em 15 de agosto de 1967. Cursou Filosofia na Universidade de Caxias do Sul (UCS) e Teologia na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS). Foi ordenado sacerdote em 20 de dezembro de 1992.

Padre Leomar é doutor em Teologia Sistemática pela Pontifícia Università San Tommaso de Roma – Angelicum. Possui livros publicados nas áreas da Escatologia, Mariologia, Catequese e Pastoral.  Em sua trajetória sacerdotal, dedicou-se à assessoria teológico-pastoral e catequética em diversas dioceses do Brasil. No período de 2013 e 2014 participou da Comissão do Tema Central da 51ª Assembleia Geral da CNBB – “Comunidade de Comunidades, uma nova paróquia”.

Novo bispo

Em sua caminhada presbiteral, padre Leomar foi vigário da paróquia Teresa e da Catedral Diocesana de Caxias do Sul de 1992 a 2001. Desde 1993, estava como diretor do Curso de Teologia para Leigos da diocese de Caxias do Sul. Coordenou e lecionou nos cursos de pós-graduação em Ensino Religioso e Teologia Pastoral na Universidade de Caxias do Sul.

Desde 2005 atua como professor na Faculdade de Teologia (PUC-RS), onde é coordenador do Programa de Pós-graduação em Teologia.  Realiza pesquisas e ensino nas disciplinas de Antropologia Teológica, Moral Social, Pastoral Catequética e Pastoral Urbana.

Fonte: CNBB

Santuário Nossa Senhora de Guadalupe adere ao SGCP

A Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe de Curitiba-PR, elevada a Santuário em dezembro de 2012,  se juntou as mais de 3600 paróquias do Brasil que escolheram o SGCP-Paróquia 6 para informatizar a sua gestão eclesial. O Santuário é conhecido nacionalmente graças ao trabalho de evangelização do Pe. Reginaldo Manzontti que encanta milhões de católicos com suas músicas e pregações.

Pe. Reginaldo Manzotti utiliza o SGCP no Santuário N. Sra. de Guadalupe de Curitiba-PR

Pe. Reginaldo Manzotti utiliza o SGCP no Santuário N. Sra. de Guadalupe de Curitiba-PR

A Equipe Theòs está honrada pela confiança depositada em nosso trabalho e agradece ao Pe. Reginaldo pela foto que tirou com o Kit de Instalação do SGCP. Nossa equipe está à disposição do Santuário para auxiliar nos trabalhos de informatização.

 

Mons. Luiz Fernando é nomeado bispo de Pemba

A Nunciatura Apostólica no Brasil comunicou na manhã desta quarta-feira, 12 de junho, que o Papa Francisco nomeou o padre brasileiro Luiz Fernando Lisboa (foto), como bispo da Diocese de Pemba, em Moçambique, na África. O nomeado atualmente exerce a função de pároco na Arquidiocese de Curitiba (PR).

Mons. Luiz Fernando, que atua na Arquidiocese de Curitiba, é nomeado bispo em Moçambique

Mons. Luiz Fernando, que atua na Arquidiocese de Curitiba, é nomeado bispo em Moçambique

O monsenhor Luiz Fernando será o sétimo bispo diocesano de Pemba. Ele é natural de Valença (RJ), está com 57 anos de vida e 29 de sacerdócio. É membro da Congregação da Paixão de Jesus Cristo (Passionista), desde 1982. Cursou o Ensino Médio em Osasco (SP), filosofia na Pontifícia Universidade Católica de Curitiba (PR), e Teologia no Instituto de Teologia de São Paulo (Itesp). Possui também especializações em Missiologia, Liturgia e Pedagogia.

Em sua congregação, atuou nas diversas etapas da formação dos novos religiosos, inclusive como vice mestre de noviços em Viamão (RS). Foi também vigário paroquial em Osasco (SP), entre 1992 e 1997.

Monsenhor Luiz Fernando já conhece a diocese em que vai trabalhar. No ano de 2001, foi superior da comunidade passionista em Pemba, onde também foi pároco até 2004. Em seguida, foi nomeado formador do seminário de sua congregação naquele país, onde esteve até 2008.

A diocese de Pemba, em Moçambique, criada em 1957, está vacante desde a renúncia de dom Ernesto Maguengue, em novembro do ano passado.

Fonte: CNBB

Depoimento do Pe. Roberto