Posts com a palavra-chave ‘novo bispo’.

Pe. João Santos é nomeado bispo de São Raimundo Nonato-PI

A edição do jornal “L´Osservatore Romano” desta quarta-feira, 14 de dezembro, publicada as 12 horas de Roma, 8 horas da manhã no Brasil, traz o anúncio oficial da nomeação do novo bispo de São Raimundo Nonato (PI): o Papa Bento XVI escolheu o padre João Santos Cardoso, até então pároco da paróquia Nossa Senhora das Graças e Diretor do Instituo de Filosofia de Nossa Senhora das Vitórias, em Vitória da Conquista (BA).

Mais informações no site da CNBB.

A Equipe Theòs saúda e deseja felicidades a Dom João Santos nesta nova etapa da sua vida sacerdotal, agora, à frente do povo de Deus da Igreja Particular de São Raimundo Nonato-PI.

Compartilhar

Papa nomeia novos bispos para o Brasil

O novo bispo de Umuarama (PR), dom João Mamede, é da Ordem dos Frades Menores Conventuais (OFMConv) e tem 59 anos

O papa Bento XVI anunciou, nesta quarta-feira, 24, a nomeação de três bispos auxiliares para a arquidiocese do Rio de Janeiro e a transferência do bispo auxiliar de São Paulo, dom João Mamede Filho, para a vacante diocese de Umuarama, no Paraná. Ainda nesta quarta-feira, foi aceita a renúncia do bispo de Caçador (SC), dom Luiz Carlos Eccel.

Para bispos auxiliares a arquidiocese do Rio de Janeiro, foram nomeados os padres Pedro Cunha Cruz, Nelson Francelino Ferreira e Paulo Cezar Costa. Os dois primeiros são no clero da arquidiocese do Rio de Janeiro e o último da diocese de Valença (RJ).

Fonte: CNBB

Papa nomeia o novo bispo para a diocese de Sobral

O papa Bento XVI nomeou nesta segunda-feira (11), padre Odelir José Magri, MCCJ, o novo bispo para a vacante diocese de Sobral (CE). Natural de Campo Ere (SC), padre Odelir José Magri, é da Congregação dos Padres Combonianos. Foi ordenado sacerdote aos 18 de outubro de 1992.

Os estudos filosóficos e teológicos do monsenhor Odelir foram feitos em Paris, na França. Em São Paulo, ele fez diversos cursos para formadores, através da Universidade Gregoriana. Como sacerdote, exerceu o ministério pastoral no Congo Kinshasa, África (1992 a 1996); entre 1997 e 1999, monsenhor Odelir foi formador escolástico em São Paulo e pároco. Passou pelo Conselho Provincial ainda em 1999 até 2001 e foi mestre do noviciado de sua Congregação em Contagem (MG), entre 2002 e 2003. Ele é assistente geral da sua Congregação em Roma desde 2003.

Fonte: CNBB

Depoimento do Pe. Roberto