Posts com a palavra-chave ‘padre Sérgio Jeremias de Souza’.

Padre Sérgio: Um jeito descontraído de evangelizar

Já há alguns meses que padre Sérgio Jeremias de Souza, pároco da paróquia São Sebastião de Vargem do Cedro-SC, tem desenvolvido um interessante e empolgante trabalho de evangelização pela internet. Ele produz vídeos chamados  “Catequese com o padre Sérgio”. Nesses vídeos ele explica temas relacionados a fé e a doutrina da Igreja Católica. Suas postagens no site Youtube e em seu site particular recebem diversas visitas.

Agora, padre Sérgio está inovando ainda mais. Ele, que em seus vídeos já representava mais de um personagem, está cada vez mais divertido e ousado. Na última criação, ele fala sobre o exorcismo e interpreta, além dele mesmo, o padre Julião, que representa o exorcista,  e o “possuído”.

Vale a pena conferir os vídeos do padre Sérgio. Além de esclarecermos nossas dúvidas sobre a nossa fé, ainda conseguimos dar boas risadas com o jeito bem humorado que o padre “arranjou” de catequisar.

Veja o vídeo “Padre Julião e padre Sérgio num exorcismo”:

Compartilhar

Batismo é o tema da Catequese com o padre Sérgio

Em vídeo, o padre Sérgio Jeremias de Souza, de Vargem do Cedro (SC), fala sobre o Batismo, seus elementos, significado e importância.

O padre desenvolveu uma interessante forma de evangelizar através da internet.

Mais vídeos da Catequese com o Pe. Sérgio podem ser assistidos em seu blog.

Padre dá bom exemplo de como evangelizar através da internet

O padre Sérgio Jeremias de Souza, de Vargem do Cedro (SC), desenvolveu um método interessante de evangelizar através de seu blog na internet. Em vídeo, ele aborda temas relacionados à fé católica. No primeiro post da série “Catequese com o padre Sérgio”, foi desenvolvido o tema “Santíssima Trindade”.

Padre Sérgio fala, de forma descontraída, simples e envolvente, sobre o mistério da Santíssima Trindade:  Pai, Filho e Espírito Santo.

O exemplo pode ser seguido por outros padres que queiram anunciar a Palavra de Deus através da Internet.

Depoimento do Pe. Roberto